MARÍA ZAMBRANO – La Palabra Danzante (Teatro Diogo Bernardes, Ponte de Lima)

| by | Blog | 0 comments:

No dia 30 de Novembro, o Teatro Diogo Bernardes foi palco de uma peça pela Companhia Karlik Danza – Teatro (Cáceres, Espanha), em que a palavra se fez dança, em homenagem à figura de María Zambrano, pensadora, criadora, filósofa e ensaísta espanhola.

Através da imagem, da metáfora e do símbolo,  “MARÍA ZAMBRANO – La Palabra Danzante” gera uma atmosfera mágica recorrendo a diversas técnicas cénicas, em que a palavra, o movimento corporal, a música e a voz off da própria María Zambrano criam um mundo intermédio entre o sensível e o inteligível.

“Se escribe porque hay verdades que no pueden ser dichas” (María Zambrano)

FICHA TÉCNICA

Intérpretes: Cristina Pérez Bermejo, Elena Sanches Nevado | Encenação e dramaturgia: Cristina D. Silveira | Coreografias: Cristina Pérez Bermejo, Elena Sánchez Nevado, Cristina D. Silveira | Composição musical original: Álvaro Rodrigues Barroso | Cenografia e vestuário: Susana de Uña | Desenho de luz e direcção técnica: David Pérez Hernando | Vozes off: María Zambrano, Elena Sánchez Nevado e Pedro Luis López Bellot | Direção de produção: David Pérez Hernando.

Encontram mais informação sobre a Companhia Karlik Danza – Teatro  aqui.