Talvez um dia – Teatro Diogo Bernardes (Ponte de Lima)

“Talvez um dia” de Rui Alvez Leitão, subiu ao palco do Teatro Diogo Bernardes (Ponte de Lima), no passado dia 9 de Outubro, pela Fértil Cultural. “Talvez Um Dia alguma coisa aconteça. Talvez Um Dia acorde e tudo seja diferente.Um exercício poético assente numa composição teatral que nos remete para a ilusão de que tudo se resolverá por si, desresponsabilizando-nos dos nossos actos enquanto nos acudimos numa esperança infinita, invisível e incongruente. O problema está na culpa, que ninguém a quer.” Texto

IMG 5121 scaled

A ROLHA DA GARRAFA DO REI D’AONDE? – Teatro Diogo Bernardes (Ponte de Lima)

A festejar o 124.º Aniversário, regressaram ao Teatro Diogo Bernardes os eventos para os mais novos. O espectáculo “A Rolha da Garrafa do Rei d’Aonde?”, da responsabilidade da companhia Ópera ISTO, subiu ao palco no dia 20 de setembro. “A rolha da garrafa do rei d’aonde?” parte de uma ideia original de Ângela Marques e Mário João Alves, também estes responsáveis pela encenação, e alia o teatro à música. Mário João Alves, autor do texto, representou o Grande Ivan e Ângela

Dá-me a tua mão para não ser tão grande o silêncio – Teatro No Ar em “Ponte de Lima é uma Surpresa”

No dia 11 de agosto subiu ao palco de “Ponte de Lima é uma Surpresa”, o espectáculo “Dá-me a tua mão para não ser tão grande o silêncio”, uma adaptação da obra “Antes de Começar”, de Almada Negreiros.Uma obra que trata a história de duas personagens: O Boneco e A Boneca, ele despachado e curioso, ela tímida e cautelosa. Os dois ganham vida e têm uma conversa sobre aquilo que conseguem fazer: andar, falar e sentir, já que a menina

IMG 7976 scaled

The Last Internationale – “Ponte de Lima é uma Surpresa”

The American hard-rock band “The Last Internationale” was founded by singer Delila Paz and guitarist Edgey Pires. The band’s career began in 2013 with the EP “New York, I Do Mind Dying”, followed by the debut album “We Will Reign” released in 2014 on Epic Records. In 2017 they edited “TLI Unplugged” and recently released their third album “Soul on Fire” independently produced and released in February 2019. The rebel rockers, featured with special guest Miguel Marques, took the stage of

“Le Fumiste” [TEATRO DE OBJECTOS, CIRCO E MAGIA] – Teatro Diogo Bernardes (Ponte de Lima)

Davel Puente Hoces criador e intérprete (Companhia Dondavel) Como se pode capturar uma recordação?  Le Fumiste é uma homenagem às memórias de infância e de outros momentos da vida. Recordações de fumo aparecem e bailam diante dos nossos olhos, dialogam com as emoções e enchem o presente de uma forma tão viva que parecem ser reais. Mas quando tentas agarrá-las escapam entre os nossos dedos, mudam de forma e desvanecem. Um maravilhoso espectáculo de teatro de objetos, circo e magia onde os protagonistas

IMG 8817

Blind Zero – Teatro Diogo Bernardes (Ponte de Lima, 2019)

Blind Zero, from Porto and led by Miguel Guedes, are one of Portuguese premier rock bands, celebrating 25 years of career. Blind Zero came together in the early ’90s, releasing their debut EP “Recognize”, in 1995. The first album “Trigger” (1995), was produced by the L.A. producer Ronnie S. Champagne. In 1996, the band recorded the EP “Transradio”, followed by “Redcoast” (1997), “One Silent Accident” (2000), “A Way to Bleed your Lover” (2003) and “The night before and a new day”

TOMARA Casa da Música, Porto 2019

TOMARA is Filipe C. Monteiro’s musical project, a songwriter, producer and filmmaker based in Lisbon. The debut LP “FAVOURITE GHOST” was released on September 2017. With a folk root, “Favourite Ghost” addresses “the ghosts we have and that, somehow, lose weight when they are accepted.” On stage had been also Márcia and Carminho. Filipe C. Monteiro – vocals, bass, guitars, keyboards; Rui Freie – vocals, drums; João Gil – guitar, keyboards; Daniel Mestre – viola braguesa; Sérgio Pires – bass. You can

IMG 4149

Ré Menor | Viana Bate Forte 2018

RÉ MENOR é um MC natural de Viana do Castelo com quase 20 anos ligados à cultura do hip hop, contando já com quatro álbuns a solo. Além dos lançamentos em nome próprio, RÉ MENOR foi ainda um dos elementos de LENTE DE CONTACTO e de COLECTIVO 258, dois dos conjuntos pioneiros de rap em Viana do Castelo. Podes saber mais aqui.  

error: Content is protected !!